Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

Clint Eastwood

Hoje decidi investigar mais um pouco sobre a vida do grande homem que é Clint Eastwood. Penso que este homem merece esta pequenina homenagem.

 

 

    O grande actor-produtor-director-roteirista e compositor Clint Eastwood nasceu em São Francisco, na Califórnia, a 31 de Maio de 1930. É uma das figuras mais queridas e carismáticas do cinema mundial.
Passou a infância a ajudar o pai, um transportador de gasolina, pelos desertos da Califórnia. Raramente passava dois semestres a estudar numa mesma escola.


    Já com quase 30 anos, obteve uma popularidade razoável ao viver o personagem Rowdy Yates na série de TV ''Rawbide'', um western. Participou de 11 longas pouco conhecidas entre 1955 e 1958, mas ficou por mais de cinco anos sem fazer cinema, entre 1958 e 1964.

    A sua carreira de actor parecia estar sempre restrita à televisão, quando foi descoberto pelo cinema de Itália. Os produtores Arrigo Colombo e Giorgio Papi viram naquele homem alto, magro e calado a pessoa ideal para ''Por um Punhado de Dólares'', filme que - ninguém ainda sabia que iria iniciar um novo género no cinema: o ''western spaghetti''.

    Sob a direcção de Sérgio Leone, Clint vestiu-se de preto e encarnou um pistoleiro solitário, uma personagem sem nome que não pensava duas vezes para fazer justiça com as próprias pistolas.


    Em pouquíssimo tempo, Clint chegou ao estrelato e voltou aos Estados Unidos para filmar: até agora mais de 40 filmes na fase ''pós spaghetti''. A partir de 1971 começou a ensaiar alguns passos como director em ''Perversa Paixão''. 

    O que ninguém esperava era que Clint se fosse transformar no director extremamente sensível de hoje. Em 1988, produziu e dirigiu ''Bird'', um belo filme sobre a vida do saxofonista Charlie Parker. Em 1992, foi aclamado pelo western ''Os Imperdoáveis'', levando os Oscars de filme e direcção. E em 1995 emocionou multidões produzindo, dirigindo e interpretando o romance ''As Pontes de Madison'', com Meryl Streep.

    Em 1996 foi o grande homenageado do ano pelo American Film Institute. Em 1998 recebeu na França um Prémio César Honorário, em homenagem à sua carreira.

    Foi casado com Maggie Johnson de 1953 até 1978. Em 1975 iniciou o namoro com a actriz Sondra Locke, que se transformou em casamento. O relacionamento durou até 1988. Sua actual esposa é Dina Ruiz (famosa jornalista de TV), com quem se casou em 31 de Março de 1996.

 

    Entre os seus filmes mais recentes destacam-se Mystic River, A Million Dollar Baby, A Troca e Gran Torino.


 

Um Homem, Uma Vida, Uma Obra, ...

 

publicado por That Girl às 21:35
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De S a 4 de Fevereiro de 2010 às 14:18
e agora o invictus =)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Em constante repetição

. Conversas de autocarro

. Os acentos do teclado est...

. Estou quem nem posso...

. Espelho meu, espelho meu....

.arquivos

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

.tags

. todas as tags